Associado SBED

Associação Internacional para o Estudo da Dor

Programa Oficial
13 de agosto de 2020
Radiofrequência
30 de julho de 2020

 
 

A Diretoria da Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), gestão 2020-2021, publica a tradução oficial para a língua portuguesa da definição revisada de DOR e suas notas complementares que foram publicadas pela Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP, do inglês International Association for the Study of Pain), no renomado periódico científico PAIN, no dia 16 de julho de 2020.
Vale ressaltar que a última definição de dor da IASP, a qual vinha sendo ampla e mundialmente utilizada por todos aqueles que se interessam por este assunto datava de 1979, portanto, uma longa história de quatro décadas.
A SBED, que é um capítulo da IASP, por meio de sua diretoria, sente-se feliz e regozijada de desenvolver este trabalho técnico de tradução formal, considerando os aspectos translacionais e semânticos para a língua portuguesa e contexto brasileiro.
A publicação da definição revisada de dor traz amplo conhecimento em relação ao processo capitaneado pela Força Tarefa constituída pela IASP que contou com o dedicado trabalho de 14 membros de diversos países que são especialistas no estudo da dor de 2018 a 2020.
É de nosso conhecimento a alta expectativa de clínicos, pesquisadores da área e pessoas com dor, assim como também que a nova definição de dor tem sido amplamente discutida nos dias que sucederam a sua publicação.
Em paralelo, e de forma bastante focada e comprometida, a diretoria da SBED se propôs a assumir todas as etapas necessárias para a tradução formal e oficial desta nova definição de dor e suas notas complementares para a língua portuguesa, no intuito de que nossa população brasileira tenha amplo acesso a uma linguagem unificada e no idioma nativo. Inicialmente, o artigo foi integralmente traduzido por profissional especialista em idioma e com formação em português-inglês. Posteriormente, deu-se uma etapa de revisão e discussão detalhada por seis profissionais brasileiros da área da saúde, de diferentes categorias profissionais, especialistas em dor com, pelo menos, 15 anos de experiência, de diferentes categorias profissionais, clínicos e/ou pesquisadores, os quais, atualmente, compõem a diretoria da SBED. As revisões individuais foram compartilhadas e pontualmente discutidas por todos os diretores. Em seguida, ocorreu um segunda etapa de revisão e consenso de ideias para a tradução.
Neste momento, a SBED disponibiliza, não somente a tradução da definição de dor e suas notas, assim como o artigo publicado pela IASP na íntegra, devidamente referenciado, para ampla divulgação e utilização por toda a sociedade brasileira.

 
 
X